Meu look: Revisitando o passado.

13:22:00

  Ontem fui no QUE VA! para comemorar o aniversário do querido Douglas Barbosa. Para essa noite especial resolvi usar um vestido vintage da Maison Madame Rosita que comprei do acervo da stylist Marina Grau. A festa estava incrível, convidados animadíssimos e um clima de muita energia positiva.
Para quem não conhece falarei brevemente um pouco da história da Maison.

  ROSA DE LIBMAN nasceu no dia 10 de maio de 1904, no Uruguai. Veio para o Brasil no início de 1935 acompanhada pelo seu marido, Sr. Max Libman.
Em outubro de 1935 inaugurou sua maison com o nome de "Madame Rosita" na Rua Barão de Itapetininga em São Paulo. Trabalhava principlamente com artigos de pele ; visons, martas, raposas e zibelinas.
  Em 1942, no fechado mercado expositor internacional de peles do Canadá Mme. Rosita elegia as mais requintadas peles do mundo sendo a primeira griffe brasileira a entrar no mercado de peles do Canadá.




  Fez o primeiro desfile profissional do Brasil em 1944. Mme. Rosita foi uma verdadeira pioneira da Alta Costura feminina no Brasil, apresentando roupas elegantes e muito bem acabadas que conquistou uma clientela fiel. Adaptava alguns modelos de costureiros europeus para a mulher brasileira realizados com exclusividade para suas clientes.
  Sua oficina de costura dava trabalho a 50/60 pessoas aproximadamente.
  Madame Rosita sempre foi a primeira a lançar toda e qualquer novidade que surgia na Europa nos importantes e badalados desfiles de moda que apresentava no Brasil, como por exemplo o desfile feito no Teatro Municipal de São Paulo no ano de 1938.
Sempre foi considerada a "primeira dama" da Alta Costura Brasileira e conquistou grandes prêmios e troféus tais como: "Sapatinho de Ouro", "Agulha de Ouro" e muitos outros. Também foi a primeira representante feminina da Alta Costura a ser membro da "Chambre Sindicale de la Haute Couture Francaise".





  Quando a Barão de Itapetininga deixou de ser um ponto considerado chique na cidade de São Paulo, Madame Rosita mudou-se para a Av. Paulista, primeiramente no Conjunto Nacional e em 1965 a antiga "Peleteria Americana" situada no n. 2.295 passou a se chamar "Madame Rosita". Uma casa nos moldes de "Celina", em Paris, com tapetes orientais, cadeiras forradas de veludo, e antigos móveis.
  As vitrinas expunham de forma tradicional e exibiam vestidos clássicos e uma malharia que lembrava muito Chanel.















  Vestido Maison Madame Rosita/ cinto Supérfluo/ Sapato Santa Lolla/ Clutch Pop Up Store at Bosaa



Com a minha querida amiga Dani Martins



Sara Libardi sempre divertida.


Com meu noivo Leandro 


Minhas amadas Barbara Bernardim e Dani


A "It girl Bossa" Barbara Bernadim 


O querido aniversariante Douglas Barbosa














Meu querido cunhado Breno 


The end...

You Might Also Like

2 comentários

  1. Lah, post incrivel, pq afinal eu sou do "tempo"da Mme Rosita....fui mto lá na Paulista...affff
    Look show ...e Doug arrasando
    amei!
    beijo

    ResponderExcluir
  2. Fa....que bom que gostou.....a Madame Rosita arrasa né......quando vi esse vestido fiquei louca......muito obrigada....beijos...

    ResponderExcluir

Popular Posts

@LAHMARIANOOFICIAL NO INSTAGRAM