Meu look #LAHcre: História do "Trench coat"

00:43:00

  O inglês Thomas Burberry foi o inventor do trench coat. Ele era um aprendiz de alfaiate que, em 1856, com 21 anos, decidiu abrir sua própria loja em Basingtoke, no Condado de Hampshire. Ele sofria de reumatismo e o úmido clima inglês piorava sua condição. Portanto, ainda que com um interesse próprio, o fato é que Burberry fez o melhor que pode para criar uma roupa que protegeria as pessoas do frio e da umidade, sendo ao mesmo tempo leve e confortável.

  Em 1870, o novo casaco se tornou o orgulho de sua empresa e sua pesquisa o permitiu produzir e comercializar mantas e sobretudos que imediatamente se tornaram populares entre caçadores e esportistas. Não satisfeito com esse resultado, em 1880, ele ainda inventou, e patenteou um tecido radicalmente inovador que lhe renderia uma fortuna: a gabardine. É verdade que muitos outros desenvolveram uma série de métodos técnicos para criar tecidos impermeáveis. Um deles foi o escocês Charles Macintosh, que em 1923 aplicou uma solução de borracha diluída em naften entre duas camadas de lã, o que tornava o tecido resistente à garoa tão comum no reino unido. Mas a grande vantagem da invenção de Burberry é que a gabardine era leve e fresca como o algodão e, além disso, não tinha o desagradável cheiro de borracha. O segredo de Burberry era tornar os fios impermeáveis antes de transforma-los em tecido, além da teia e trama em padrão diagonal, o que bloqueia as gotas de chuva.

  O ano 1895 marcou o nascimento oficial de Tielocken, antecessor do trench coat. Feito de gabardine, o item se tornou o mais vendido da linha Burberry em sua primeira loja de Londres, na rua Heymarkt. O sucesso se confirmou quando o sobretudo foi usado pelas forças britânicas na segunda guerra dos Bôeres na África do Sul (1899-1902). Isso significava que era possível confiar no desempenho do casaco de chuva. Com o inicio da Primeira Guerra Mundial, o Ministério da Guerra pediu novamente a Burberry que produzisse casacos para os oficiais da linha de frente. O Tielocken sofreu algumas alterações mínimas e se tornou o lendário trench coat, exatamente o mesmo que conhecemos u usamos hoje, felizmente longe das trincheiras enlameadas da guerra.

  Assim, o trench coat se tornou um sinônimo de heroísmo.  Astros do cinema começaram a usa-lo para papeis de detetives durões e intransigentes em files em preto e braço. Já atrizes exalavam sensualidade vestidas com o casaco: mais um caso da formula infalível do toque de masculinidade em um visual feminino, uma combinação que se mostrou explosiva. Na década de 1920, civis começaram a se apaixonar pelo trench coat. Para atender suas necessidades e gostos, a Burberry passou a forrar a parte interna do casaco com o famoso xadrez escocês.

  Durante a segunda-guerra, o trench coat foi substituído por casacos mais práticos e curtos. Nas cidades britânicas, ele se tornou um item básico e icônico, assim como guarda-chuvas, chapéus, ônibus de dois andares e cabines telefônicas vermelhas. Até hoje, o trech coat é uma espécie de cartão de visita britânico, tanto que a rainha Elizabeth II e o príncipe de Gales concederam honrarias reais à companhia em 1995 e 1989.

  O número de pedaços de tecido usados na fabricação do casaco sempre foi o mesmo, vinte e seis, e a frente com abotoamento duplo sempre teve dez botões. Mas esse item emblemático cresceu, amadureceu e começou a atender necessidades cada vez mais sofisticadas do público, especialmente nos últimos anos, graças à Cristopher Bailey, diretor de criação da Burberry.  Com seu tino para negócios e com a coleção mais glamurosa de todas, a Burberry Prorsum, ele fez com que o trench coat atingisse um novo pico de popularidade, após desfile, o clássico casaco foi ampliando o seu repertório, apresentado em neoprene, pele de cobra e até em versão metalizada, decorada com tachas.


  O clássico foi multiplicado de acordo com os muitos “tipos” e “gostos” dos seus consumidores atuais, mas sem perder nem 1% de sua identidade. Agora, esse processo de diversificação se desenvolveu de maneira extraordinária com um serviço oferecido pelo site da Burberry: os clientes podem literalmente criar e encomendar seu próprio trench coat por meio da adição de peças, escolha do tecido, seleção de detalhes e mistura de cores. É o mesmo casaco usado por outras pessoas, mas, ao mesmo tempo, um 




Trench Coat BOSSA/ Bolsa CARRANO/ Bota CORELLO




You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

@LAHMARIANOOFICIAL NO INSTAGRAM