CALVIN KLEIN 205W39NYC | Desfile | NYFW | Spring Summer 19

14:46:00

  O diretor criativo da CALVIN KLEIN, Raf Simons, apresentou ontem, terça-feira, dia 11, a coleção de Spring Summer 2019 da marca com um desfile durante a semana de moda de Nova York. Na sede da marca localizada em 205 West 39th.

  Dois icônicos filmes americanos, JAWS (Tubarão, 1975) e The Graduate (A Primeira Noite de um Homem, 1967) inspiraram o conceito e a estética da coleção. Ambos representam transgressão, a ideia de predador e também o fundamental questionamento de autoridade - uma rebelião genuinamente americana.

  “A paisagem da América – literal e psicológica – inspira a CALVIN KLEIN. Uma viagem pela América leva, inevitavelmente, ao limite da paisagem – a praia. Na praia há essa incrível ideia de beleza, mas também uma tensão – entre terra e oceano, uma sensação de dois mundos se encontrando, talvez colidindo. Há uma sensação de inesperado – e sempre uma tentação. Pra mim, o filme JAWS exemplifica perfeitamente essas noções.” - Raf Simons

  Também influenciando a coleção está o senso de tensão entre diferentes mundos e ambientes, juventude e maturidade, feminino e masculino, dificuldade e privilégio, rebelião e conservadorismo.

  “Sempre fui fascinado pelos dress codes de diferentes gerações – de mães e filhas, pais e filhos, como as mudanças entre diferentes gerações da família refletem as mudanças da sociedade Americana. Eu amo o filme The Graduate e as distintas dinâmicas familiares em jogo. Como o filme, esta coleção explora tabus e tentações, mudanças da cultura e na comunidade, mas, em última análise, o tema abrangente é o amor” – Raf Simons

  As referências são retiradas de uniformes culturais como becas de formatura, jaquetas de tweed, blazers escolares, roupas de mergulho, smokings e jeans. Uma sequência de vestidos de meados do século da cultura americana e sua high society, construídos de camadas de materiais e estampas chinés originais de tecidos dos anos 50 e 60. Contrastes entre os itens sugerem uma narrativa de diálogos disfarçados. Como no cinema, eles contam histórias. Painéis de tecido e franjas são usados como bases para o imaginário de Andy Warhol do artista e estilista americano Stephen Sprouse.


































































You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

@LAHMARIANOOFICIAL NO INSTAGRAM